sexta-feira, março 16, 2007

comigo

Couve. Extraordinariamente couve.
...música baixa, eu e a noite. Uma lágrima e eu. Só eu. Comigo.

sem beijo para dar
menina do sorriso

2 comentários:

Nuno Peralta disse...

ok.. sinceramente não consegui perceber este o.O

beijinho*
o xato do nuno =D

Seriuskiller disse...

Acho engraçado como consegui meter a expressão "Couve" no teu vocabulário. A primeira vez que disse isso nem sequer percebeste o que queria dizer! Sexta feira foi pena não teres ido, devias ter-me visto a soar como um cavalo graças ao calor que estava dentro do restaurante. Espero que não fiques muitas vezes couve, mas desejo que as vás visitar frequentemente ;) Fica bem *s